10 anos de Santas Missões Populares



I Retiro das SMP- 20 a 22 de Maio em Mossoró- RN

EXPLICAÇÃO DA LOGOMARCA

A logomarca que celebra os 10 anos das Santas Missões Populares na Diocese de Mossoró contempla uma rica simbologia que transmite recordação, fé e serviço. O objetivo é revelar a diversidade e todas as conjunturas que nos levam ao Povo de Deus.
No centro, como ápice da missão, está a Eucaristia, que também nos remota ao sol, tão presente no semiárido do oeste potiguar, e que missionário deve ser luz no mundo. No interior, observamos o caminho, formando o “S” (de Santas Missões Populares), com os morros de sal em sequência, riqueza material em nosso solo, constituindo o “M” de Maria, mãe e protagonista missionária. Aliado a palma, o mapa com a cruz indica que a Diocese de Santa Luzia está lançando as redes, uma Igreja em saída.
Abaixo, temos a Bíblia que norteia os caminhos do missionário no anúncio do Reino de Deus.
Ao lado, temos o cajado do pastoreio, ligeiramente formando o número “10”, juntamente com o contorno da Eucaristia, comunicando os 10 anos que a comunidade diocesana assumiu a evangelização através da metodologia das Santas Missões Populares.
No fundo, temos a figura do ano da misericórdia, proclamado pelo Papa Francisco, exprimindo a mensagem de um Cristo acolhedor, bondoso, misericordioso. Um Cristo que vai em busca da “ovelha perdida”, do “filho pródigo”.
Por fim, a logomarca quer manifestar que as Santas Missões Populares é um tempo da graça de Deus na Diocese, um chamado para sermos sal e luz, amparados pela Palavra Divina, com a providência da Mãe, levando a Boa Nova do amor incondicional do Pai.


Autor- Edmiray Bezerra da Nobrega
ler notícia »

Diocese de Mossoró parabeniza todos os trabalhadores (as)



Hoje, dia 1º de maio, junto com a memória de São José Operário, comemoramos o Dia do Trabalhador, ou então, o Dia do Trabalho. A comemoração se coloca sob a proteção de São José, que com o seu trabalho na carpintaria de Nazaré sustentou sua família. Foi ali que ele iniciou Jesus no mundo do trabalho, o qual passou “a maior parte dos anos da vida sobre a terra junto a um banco de carpinteiro na oficina de José” (Compêndio da DSI, pg. 157).
Que abençoe os trabalhadores e as trabalhadoras que, com seu trabalho, aperfeiçoam a obra da criação enquanto obtém o sustento para si e as suas famílias. E que, sobretudo, Deus olhe com carinho para as pessoas que estão desempregadas ou vivem em situação de subemprego, para que, no mais curto prazo possível, consigam sair desta situação. 


Que São José Operário, o padroeiro dos operários, interceda por nós!
ler notícia »

Festa de Nossa Senhora de Fátima 2016




01 de maio/2016- Festa de Nossa Senhora de Fátima 2016
18h- Carreata festiva, saindo da Igreja Matriz de São José para a Matriz de Nossa Senhora de Fátima, cerimonial e abertura da Porta Santa.
19h- Celebração Eucarística presidida por Dom Mariano Manzana.
Missa todos os dias- às 6h
Reza do terço de 01 a 13 de maio- 12h
Novenário- 02 a 12 de maio
Encerramento
13 de Maio- sexta-feira
9h às 12h- Confissão na Matriz
12h- Missa dos devotos e devotas
16h- Missa solene
17h- Procissão de encerramento e benção do Santíssimo Sacramento.
ler notícia »

Festa de Pentecostes 2016 em Mossoró- RN



.



Tem início,dia 15, a Festa de Pentecostes, um convite feito pela Igreja para preparar nosso coração com antecedência para essa forte experiência com a terceira pessoa da Santíssima Trindade: o Espírito Santo.

Confira toda programação pelo site http://rccmossoro.com/
ler notícia »

Abertura do mês de Maria na Paróquia de Baraúna- RN



Domingo, 1 de Maio, a Paróquia de Baraúna abre oficialmente a programação do "Mês Mariano", e onde também se comemora o Dia do Trabalhador. Participe! 
ler notícia »

I Retiro das Santas Missões Populares





Programação do I Retiro das Santas Missões Populares
Data: 20 a 22 de maio de 2016
Local: Ginásio Carecão (Colégio Diocesano Santa Luzia)
Assessor: Padre Luis Mosconi


Dia 20 - Sexta-feira - Memória de uma bela caminhada: reviver a memória das Santas Missões Populares na Diocese
17h: Acolhida aos missionários (as)
18h: Abertura com saudação do Bispo Diocesano Dom Mariano Manzana, coordenação e padre Luis Mosconi
19h: Jantar no próprio local
20h: Memória da caminhada e dramatização do evangelista Lucas (8,4-8)
Cochicho: Por que SMP de novo? Vale a pena? Por quê? O que mais espero destas SMP? Plenário com as expectativas, síntese das expectativas, proposta de conteúdo do retiro
21h – encerramento da primeira noite

Dia 21 – Sábado

7h30: Ofício Divino das Comunidades
8h: Início dos trabalhos
Por que SMP de novo?
Porque a vida é missão e missão dá sentido à vida
Apresentação do evangelho de Lucas ligando-o a Atos, redescobrir a pessoa de Jesus de Nazaré (meditando algumas páginas do livro A Vida é Missão)
12h: Almoço no próprio local
13:30h: Continuação dos trabalhos
A vida é caminhada (estudo do capítulo IX do livro “A Vida é Missão”)
Planejamento de atividades
19h: Jantar no próprio local
20h: Vigília de oração até 21 horas

22/05 Domingo - Encerramento

7:30h: Missa no Carecão presidida pelo Bispo Diocesano Dom Mariano Manzana e concelebrada pelos sacerdotes presentes.
9h: Café
9:30h: Continuação dos trabalhos com foco, especialmente, na figura dos missionários
13h: Encerramento com almoço

Recomendações :
• Cada paróquia deve inscrever, no mínimo, um missionário por comunidade (mais de um para comunidades maiores);
• Escolher criteriosamente o representante de cada comunidade, tendo em vista que o objetivo principal do projeto será a formação do agente/animador;
• Trazer para o retiro murais com fotos das Santas Missões Populares (trazer muitas fotos; por questões práticas, pode ser banners, ao invés de murais);
• Trazer as bandeiras utilizadas por cada comunidade durante a primeira experiência das Santas Missões Populares;
• Cada missionário deve trazer a Bíblia e os dois livros indicados pelo assessor (‘A vida é missão’ e ‘Santas Missões Populares’);
• Estudar a figura dos missionários em geral (pág. 299 ss. do livro Santas Missões Populares) e a vocação do missionário leigo oficialmente reconhecido como ministério eclesial (cap. IX do livro A vida é missão);
• Taxa de R$ 20,00 por missionário
.Informar na ficha de inscrição se vai querer hospedagem

Mais informações- 3314.7255- Cúria Diocesana

ler notícia »