Diocese de Mossoró em missão permanente








“Não há missão sem missionários”. Falava em alto e bom som padre Luís Mosconi aos mais de 800 missionários que viveram, de 20 a 22 de maio, o I Retiro das Santas Missões Populares da Diocese de Mossoró, no Ginásio Carecão, do Colégio Diocesano, em Mossoró/RN. O II Retiro já ficou agendado para o período de 28 a 30 de outubro deste ano e antes as paróquias irão realizar seu Retiro Paroquial.
O Bispo Diocesano Dom Mariano Manzana, clero, diáconos, religiosos, seminaristas e os missionários de todas as 33 paróquias participaram de vários momentos com partilhas, celebrações e conscientização do trabalho missionário, que foi encerrado com Santa Missa lotando o ginásio de esportes.
Com assessoria do padre Luís Mosconi, sacerdote que trabalha com missões no Brasil há 25 anos, o retiro teve como palavra-chave “formação”.  Segundo Mosconi, a presença do missionário é decisiva no processo da missão. Mas missionário não se improvisa, não é produto mágico. É fruto abençoado de uma bela caminhada missionária. Frisou bem aos presentes no I Retiro das SMP que ser “missionário” não é status, é serviço e dentro de um processo dinâmico e permanente. Entendendo isso, Dom Mariano Manzana explicou que a intenção da Diocese é realizar, durante cinco anos, um processo sistemático de formação e capacitação permanente de agentes evangelizadores, discípulos e missionários de Jesus. Assim, serão formadas lideranças atuais e despertadas novas na perspectiva de ser a Diocese uma Igreja em "estado permanente de missão", como nos exorta a CNBB nas Diretrizes Evangelizadoras da Igreja no Brasil. “Com o ginásio lotado, ficou clara a resposta positiva do povo da Diocese quando se refere às Santas Missões Populares”, comenta feliz Dom Mariano Manzana, que agradeceu a todos os missionários, sacerdotes, equipes envolvidas nos bastidores do retiro, famílias mossoroenses que acolheram os missionários e toda a comissão das Santas Missões Populares nas figuras de padre Flávio Augusto Forte Melo, padre Cornélio Freire e o assessor que veio de Belém do  Pará, padre Luís Mosconi.
Os missionários levaram como dever de casa a leitura dos livros “Santas Missões Populares para a missão permanente" e "Vida é Missão", de padre Luís Mosconi. Lembrando que a Diocese de Mossoró estará disponibilizando todo conteúdo do retiro no sitewww.diocesedemossoro.com        
   

ler notícia »

I Retiro das Santas Missões Populares tem mais de 800 missionários inscritos



 Programação:

Dia 20 - Sexta-feira - Memória de uma bela caminhada: reviver a memória das Santas Missões Populares na Diocese

17h - Acolhida aos missionários (as)
18h - Abertura com saudação do Bispo Diocesano Dom Mariano Manzana, coordenação e padre Luís Mosconi
19h - Jantar no próprio local
20h - Memória da caminhada e dramatização do evangelista Lucas (8,4-8)
Cochicho: Por que SMP de novo? Vale a pena? Por quê? O que mais espero destas SMP? Plenária com as expectativas, síntese das expectativas, proposta de conteúdo do retiro
21h – encerramento da primeira noite

Dia 21 – Sábado

7:30h - Ofício Divino das Comunidades
8h - Início dos trabalhos
Por que SMP de novo?
Porque a vida é missão e missão dá sentido à vida
Apresentação do evangelho de Lucas ligando-o a Atos, redescobrir a pessoa de Jesus de Nazaré (meditando algumas páginas do livro A Vida é Missão)
12h - Almoço no próprio local
13:30h - Continuação dos trabalhos
A vida é caminhada (estudo do capítulo IX do livro “A Vida é Missão”)
Planejamento de atividades
19h - Jantar no próprio local
20h - Vigília de oração até 21 horas

Dia 22/05 - Domingo - Encerramento

7:30h - Missa no Carecão presidida pelo Bispo Diocesano Dom Mariano Manzana e concelebrada pelos sacerdotes presentes
9h - Café 
9:30h - Continuação dos trabalhos com foco especialmente na figura dos missionários
13h - Encerramento com almoço



ler notícia »

Memória: Ordenação Diaconal do seminarista Edinaldo Nascimento na Matriz de Martins






"Só tive tempo agora para agradecer cada um que celebrou comigo este momento tão especial em minha caminhada vocacional, sou grato a Deus por sua escolha, não canso de agradecer por cada Dom e cada um dos feitos de Deus em minha vida, sou muito feliz pela sim dado de coração a Deus, " estou em vosso meio como aquele de vos serve" (Lc 22,27).
ler notícia »

Festa de Corpus Christi 2016




A Diocese de Mossoró realiza, no dia 26 de maio, quinta-feira, a “Festa de Corpus Christi”, que celebra a presença de Cristo na Eucaristia. A concentração acontecerá a partir das 17 horas, em frente à Matriz da São José, que completou no ano passado 50 anos, no palco armado na Travessa Rodrigues Alves com a Rua Wenceslau Brás, onde será confeccionado um tapete  e outro em frente ao Sagrado Coração de Jesus, no centro de Mossoró, palco do encerramento da festa.  De 23 a 25, teremos um Tríduo nas comunidades.
Segundo o vigário da Paróquia São José, padre Carlinhos, a procissão, além de testemunhar publicamente a veneração da santíssima Eucaristia, estará enfatizando também o pedido de paz para Mossoró e para o mundo, a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, os 10 anos das Santas Missões Populares e o Ano da Misericórdia.   

Procissão - A procissão passará pela Rua Venceslau Braz, pela Leste Oeste e segue pela Jerônimo Rosado chegando no Santuário do Sagrado Coração de Jesus. A celebração terá transmissão da Rádio Rural de Mossoró e 105 FM.  
ler notícia »

Posse de Pe Rierson Carlos na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima em Mossoró-RN




Padre Rierson Carlos toma posse como administrador paroquial, dia 29 de maio, com missa presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Mariano Manzana, às 19 horas, na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima. Padre Talvacy Chaves estará se despedindo para cursar doutorado em Roma.


ler notícia »

Nota de Falecimento


É com grande pesar que a Diocese de Mossoró comunica o falecimento do senhor João Batista de Melo, pai do Padre Flávio Augusto Forte Melo, vigário-geral da Diocese e pároco da Catedral de Santa Luzia. 
Seu João Batista faleceu nessa segunda-feira, dia 16 de maio de 2016, aos 84 anos.  Era casado com Raimunda Forte Melo e deixa os filhos Maria Forte de Melo, Francisco Forte  Melo, François Forte  Melo, Francismar Forte  Melo e Flávio Augusto Forte Melo

Seu corpo está sendo velado em sua própria residência, no sítio “Bom Lugar”, a missa de corpo presente, nesta terça-feira, às 16h, na Igreja de Nossa Senhora das Graças, e logo após o sepultamento no Cemitério Municipal de Severiano Melo- RN .

A Diocese de Mossoró se solidariza com a família de Pe Flávio neste momento de dor e saudade e reafirma sua esperança na Palavra de Deus que diz: “Ditosos os mortos, os que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, que eles descansem de suas fadigas, pois suas obras os acompanham” (Ap 14,13).
ler notícia »