ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A Mais Bela Voz 2010 VEM DE SERRINHA DOS PINTOS -RN


1º Lugar- Alex- Serrinha dos Pintos-RN 
2º Lugar- Natali- Mossoró-RN
3º Lugar - Gustavo- Umarizal-RN

Ganhadores do Concurso A Mais Bela Voz 2010

1º Lugar- Alex Rilke- Serrinha dos Pintos-RN

2º Lugar- Maria Natali- Mossoró- RN

3º Lugar- Gustavo- Umarizal- RN

Os talentos de ‘A mais bela voz’

Ellen Dias
Jornal De Fato
No último domingo, 5, foi realizada a final de mais um concurso "A Mais Bela Voz". Mais de 500 pessoas se inscreveram para participar da competição realizada pela Radio Rural de Mossoró (990kHz).
"A Mais Bela Voz" foi realizada pela primeira vez no ano de 1968. 42 anos depois, o evento ainda encanta muita gente, entre participantes, torcedores e cidadãos que fazem questão de acompanhar os artistas locais na disputa pelo prêmio.
Vários cantores de renome local já passaram pelo palco do concurso, entre eles Nida Lira, vencedora do ano de 2009, Allan Jones, que venceu em 2003. Além desses, também participaram do evento em outras edições a cantora Amanda Costa e o cantor Edy Lemos, que conseguiu renome como artista em Portugal.
O concurso foi realizado em 43 cidades do Rio Grande do Norte e em uma cidade do Ceará: Icapuí.
Em todas as cidades houve uma fase eliminatória, sendo que em Mossoró foram cinco. Ao todo, foram quase 50 eliminatórias. Na final, representantes de sete cidades participaram da disputa. Os candidatos eram de Serrinha dos Pintos, Umarizal, Mossoró, Afonso Bezerra, Governador Dix-sept Rosado, Porto do Mangue e Icapuí (CE). Os vencedores foram Gustavo Costa, de Umarizal, em terceiro lugar, com a música "Sete Cidades", do grupo Legião Urbana; Maria Natally Silva, de Mossoró, em segundo lugar, com a música "Manhãs de Setembro"; e Alex Rilke, de Serrinha dos Pintos, em primeiro lugar, com a música "Eu sei que vou te amar", de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Os três primeiros colocados receberam premiação de R$ 1.000,00 (terceiro colocado), R$ 1.500,00 (segundo lugar) e R$ 2.500,00 (vencedor do concurso).
Mesmo após tantos anos de realização e de tantas mudanças nos costumes da população, "A Mais Bela Voz" não perde sua tradição na cidade. Christian Sidarta de Medeiros, um dos integrantes da coordenação geral do evento há cinco anos, declara que o concurso se renova a cada ano. "A Mais Bela Voz não perdeu seu encanto. Eu diria que não porque tanto pelo público, que ainda vem vê, assiste e torce, quanto pelos concorrentes, que tem muita gente participando e assistindo.
A quantidade de candidatos foi muito grande, a gente teve que segurar, teve eliminatória que fechamos com 30 candidatos, mas se deixássemos iria até 50 candidatos. E o interessante é ver que tem pessoas de todas as idades assistindo e competindo. Não é um evento só para os mais velhos; os jovens participam muito", diz Christian.

Vencedor é recebido com festa em casa

Aos 26 anos, Alex Rilke comemora a vitória no concurso "A Mais Bela Voz". O cantor da cidade de Serrinha dos Pintos foi premiado em primeiro lugar na última edição do concurso. Na volta para casa, familiares e amigos receberam Rilke com festa em sua cidade. O jovem mora em Natal, mas cresceu em Serrinha dos Pintos, cidade onde seus pais residem. Rilke revela que canta desde os três anos de idade. Esta foi sua segunda participação no concurso. A primeira vez tinha sido no ano de 2002, quando foi eliminado na semifinal.
O cantor já é conhecido na noite natalense como integrante de uma banda de pagode. O interesse por música surgiu por causa do pai, que é pastor de uma igreja evangélica.
Rilke recebeu um prêmio em dinheiro, mas afirma que a maior recompensa não é essa. "O melhor é o reconhecimento que você recebe. A Rádio Rural é escutada por muita gente. Eu não esperava ganhar. O que você sempre espera é estar entre os primeiros. Creio que isso vai abrir muitas portas", diz.

Fotografia- Fernando Leite