Estudo aponta que 34 mil fiéis se unem à Igreja Católica por dia



Segundo o estudo anual "Status of global missions" realizado este ano, a Igreja Católica reúne um bilhão e 160 milhões de fiéis em todo mundo e a cada dia 34 mil pessoas ingressam nela.
Conforme informou a agência católica argentina AICA, os dados do relatório – difundidos pela agência Analisis Digital – afirmam que existem no mundo um 2 bilhões de pessoas, do total de 7 bilhões de habitantes do planeta, que nunca chegaram a ouvir a mensagem do evangelho.
Outros 2 bilhões 680 milhões ouviram falar dele alguma vez ou o conhecem em certa medida, mas não são cristãos.
"Embora Jesus Cristo tenha fundado uma única Igreja e pouco antes de morrer orava ‘que todos sejam um’, existem cada vez mais denominações cristãs diferentes: eram 1.600 ao início do século 20, 34 mil ao princípio do século 21 e 42 mil no presente ano de 2011", indica o estudo.
Por sua parte, os protestantes carismáticos chegam 612 milhões. Os protestantes "clássicos" somam 426 milhões e crescem em 20 mil por dia. As igrejas ortodoxas reúnem 271 milhões de batizados e ganham 5 mil adeptos a cada dia.
Os anglicanos, centrados sobre tudo na África e Ásia, chegam a 87 milhões, com 3 mil novos adeptos cada dia. Os que o estudo chama "cristãos da margem" (Testemunhas de Jeová, Mórmons, os que duvidam da Trindade ou da divindade do Jesus, etc.) são 35 milhões e crescem em 2 mil novos seguidores por dia.
"A forma mais singela de crescer é ter muitos filhos e aderi-los à própria tradição religiosa. A conversão é menos comum, mas ocorre em milhões de pessoas anualmente, a mais comum é a de um cônjuge à religião do outro", acrescenta o estudo.
Em 2011, os cristãos de todas as denominações terão posto em circulação 71 milhões de bíblias a mais pelo mundo (já há 1.74 bilhões, algumas de forma clandestina).
Além disso, este ano serão enviados 409 mil cristãos a um país diferente do seu para evangelizá-lo, organizados em 4 800 entidades missionárias distintas.

Fonte: Arquidiocese de São Paulo