Diocese de Mossoró solidária com o povo de Luis Gomes

O  portal nacional Uol repercutiu a situação dos moradores do município de Luis Gomes (450 km de Natal) que estão sofrendo há 144 dias com a falta de água nas torneiras. Segundo o Uol,o problema ocorreu depois que o único manancial que abastece o município, o açude dona Lulu Pinto, secou. Eles se queixam de que os caminhões-pipas, que trazem água diariamente enviados pela Caern (Companhia de Águas e Esgotos do RN) para minimizar os transtornos, não são suficientes para atender a todos, que se veem obrigados a comprar água a preços exorbitantes, que chegam a R$ 350 por mês.
Segundo a Caern, “a solução definitiva para a cidade de Luís Gomes virá com a retomada das obras do sistema adutor Alto Oeste, prevista para este semestre.” A obra é de responsabilidade da Semarh e foi paralisada por falta de recursos.

Fonte: UOL