PASCOM REGIONAL NE 2 SE REÚNE EM CAMPINA GRANDE PARA REUNIÃO DE FORMAÇÃO E AVALIAÇÃO


No último fim de semana, de 9 a 11 de março, os coordenadores diocesanos da Pastoral da Comunicação do Regional Nordeste 2 da CNBB (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte), estiveram reunidos em Campina Grande (PB). 16 das 21 dioceses que compõem o Regional estavam representadas no evento que aconteceu no Centro Diocesano Dom Luís Gonzaga Fernandes. O bispo referencial para a Comunicação no Regional, dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, bispo de Caicó (RN), esteve presente durante todo encontro.
Os presentes participaram do estudo do Documento 101 da CNBB “A Comunicação na vida e missão da Igreja no Brasil”, assessorados pelo padre Edilson Nobre, da arquidiocese de Natal (RN). Os coordenadores também avaliaram o Plano de Atividades da Pastoral para o biênio 2011/2012.
Para a coordenadora regional da Pascom, Márcia Marques, a avaliação mostrou que a Pascom está no caminho certo e aponta grandes avanços. “Vimos que todas as dioceses participantes estão empenhadas nas atividades da Pascom, buscando sempre novas alternativas para vencer os desafios e unindo forças para ir mais além”, disse a coordenadora. Novas urgências foram apresentadas e somadas ao Plano de Atividades em vigor. Ficou decido, entre outras coisas, que devem permanecer a Agência de Notícias João Paulo II e reuniões virtuais frequentes. “As reuniões virtuais nos permitem manter a articulação e tomar decisões sem a necessidade de deslocamento e maiores despesas”, lembra Márcia.
O grupo também fez uma avaliação do 4º Mutirão Regional de Comunicação, realizado em outubro de 2011. “Diante dos números apresentados, só podemos afirmar que o IV Muticom foi um sucesso”, afirmou Cacilda Medeiros, da arquidiocese de Natal, referindo-se a avaliação de ótimo ou bom para todos os quesitos além do fato de todas as dioceses do Regional estarem presentes no Mutirão.
O encontro ainda contou com uma noite de confraternização e missa presidida por dom Delson e concelebrada pelos padres presentes.

Fonte: CNBB