Paróquia e Palavra de Deus

Capela de São Francisco no Abolição III

Anunciar a Palavra de Deus e testemunhá-la pela vida é a primeira e mais importante missão da paróquia; é Jesus Cristo que, através da Comunidade paroquial, e nela, quer continuar a ser o anunciador e mestre da Boa Nova. A Igreja vive da Palavra de Deus, como vive da Eucaristia, Pão da Vida. O anúncio da Palavra desperta e alimenta a fé e a vivência da Palavra frutifica nas boas obras e no bom testemunho cristão no mundo. Sem um serviço constante e amoroso à Palavra de Deus, a fé esfria, a moral se desvia, as organizações eclesiais perdem seu sentido e a comunidade fica desorientada. Seria como uma árvore que não recebe mais água... De S. Jerônimo aprendemos que “ignorar as Escrituras, é ignorar a Cristo”.
O papa Bento XVI recordou toda a Igreja, na  Exortação Apostólica pós-sinodal sobre a Palavra de Deus na Vida e na Missão da Igreja (novembro de 2010), que a Palavra de Deus deve ter lugar central na Igreja, dando orientações importantes sobre como isso deve acontecer. Portanto, vale também para a paróquia. Toda a pastoral paroquial deve ser motivada, animada e impregnada pela Palavra de Deus (cf. Verbum Domini - VD nn. 72-89).
A paróquia precisa proporcionar ao povo muitas oportunidades de formação cristã na fé. Antes de tudo, é na paróquia que deve ser proclamado constantemente, e integralmente, o querigma cristão e não se poderia supor que isso já acontece em outro lugar ou instância da vida da Igreja. O anúncio e a acolhida da Palavra de Deus acontecem de modo privilegiado na Liturgia, com a proclamação das leituras bíblicas e a homilia (cf. VD nn. 52-71); os próprios textos litúrgicos estão impregnados pela Palavra de Deus. Mas também são vivamente recomendadas a leitura e estudo bíblico pessoal ou em grupos, e a prática da leitura orante da Palavra de Deus (cf. VD nn.86-87); a formação cristã deve acontecer também na catequese sistemática e permanente, nas pregações, retiros e outros encontros e momentos de formação cristã, bem como no estudo da teologia. O Catecismo da Igreja Católica precisa ser a referência constante para a formação do povo na fé católica.
A paróquia seja a “casa da Palavra de Deus”, onde ela ressoa constantemente, é acolhida com fé e testemunhada de muitas formas pelas obras da fé, esperança e caridade. Por isso, devem ser muitas as iniciativas paroquiais a serviço do anúncio da Palavra de Deus, voltadas para quem ainda não recebeu o primeiro anúncio, ou também para quem já está num processo de iniciação à vida cristã, ou está precisando e querendo se alimentar sempre de novo na Palavra da Vida. A formação e alimentação na fé, nas diversas etapas da vida dos fiéis, são a primeira e mais indispensável missão da paróquia.

Fonte: Arquidiocese de São Paulo