Estudar em Roma: uma graça de Deus, um presente da Diocese para Padre Talvacy



Padre Talvacy Chaves de Freitas defendeu a sua tese de mestrado com o título “ A informação digital através das redes sociais”, na última sexta-feira, em Roma. A banca examinadora deu nota máxima ao trabalho de padre Talvacy, que estudou o uso do Twitter em três jornais estadunidenses, fazendo uma experiência em um dos jornais nos Estados Unidos. Segundo o sacerdote, o tema é polêmico e urgente para os nossos dias. “ Adorei não somente o resultado, mas o trabalho no geral. Valeu a pena”, afirma. Ele estará retornando ao Brasil e a sua Diocese no próximo dia 08 de julho.

Depoimento de Padre Talvacy para Jornal A Luz de julho de 2012

 “Depois de 5 anos de ordenado, eu, padre Talvacy, tive a graça de retomar os estudos. Foram 4 anos e 4 meses em Roma. Saí do Brasil no dia 9 de março de 2008. Nos dois primeiros anos, fiz bacharelado em Comunicação Social pela Universidade Pontifícia Salesiana e, em seguida, fiz mestrado em Jornalismo e Editoria. Aprendi muito, é verdade, mas também descobri que ainda preciso aprender muito mais. Estudar comunicação nos dias de hoje é um privilégio e, ao mesmo tempo, um grande desafio, porque estamos vivendo, na minha opinião, a maior revolução no processo de comunicação e de informação da história da humanidade. Parar por 4 anos para entender um pouco desse atual universo da comunicação em ebulição foi o maior presente que recebi da Diocese de Mossoró. Vivi muitas experiências de aprendizagem na Europa e, agora, quero continuar aprendendo ao lado do povo da Diocese, razão de ser do meu estudo e do meu ministério. A gratidão é o sentimento maior que tenho nesse momento: gratidão a Deus, gratidão a Dom Mariano Manzana, ao Centro Missionário de Trento e ao querido povo de Deus da Diocese de Mossoró. A todos, o meu eterno muito obrigado”.