Igreja no Brasil promove Campanha para a Evangelização




A Igreja no Brasil iniciou dia 25 a Campanha para a Evangelização, dentro da Solenidade de Cristo Rei do Universo. A Campanha seguirá até o 3º domingo do Advento, dia em que serão recolhidas as doações feitas pelos fiéis nas paróquias, destinadas à campanha. 
Com o slogan EVANGELI-JÁ, a Campanha para a Evangelização 2012, pretende promover a urgência e a necessidade de anunciar a Boa Nova do Reino de Deus. O objetivo também é despertar os fiéis leigos para o compromisso evangelizador e para a responsabilidade pela sustentação das atividades pastorais da Igreja no Brasil. 
De acordo com o Padre Luiz Carlos Dias, Secretário Executivo das Campanhas da Fraternidade e para a Evangelização da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a importância de celebrar a campanha é para que a Igreja desperte para a sua missão maior que é evangelizar. 
“Sobre tudo nos tempos de hoje, com os desafios da nossa realidade em que se avança um período de mudanças profundas que alteram os valores e que tem deixado muitos atordoados. É um momento de evangelizar, de propor Jesus Cristo, propor a Igreja. Faz-se necessário que todos nós, como Igreja, tomemos consciência da necessidade nossa de evangelizar.”
Segundo o padre, a campanha também deseja despertar nos leigos a consciência de que é necessário ir além da participação das missas dominicais como simples cumprimento de preceito. Também é preciso abraçar a missão concreta da Igreja, assumindo o compromisso de evangelizador junto com a ela e ter uma participação ativa na comunidade eclesial. 

Um despertar da solidariedade
Além da coleta de recursos financeiros, a CE pretende ainda mobilizar a solidariedade na Igreja, com foco na evangelização. “A Campanha para a Evangelização significa a abertura de um caminho para canalizar a solidariedade de todos os católicos no sustento da missão da Igreja em nosso país,” diz o manual da Campanha.
O manual também ressalta que “a solidariedade se realiza no apoio coletivo aos trabalhos que mantém viva e renovada a comunidade eclesial, tanto a local como a diocesana e a nacional. Cuida-se para que as comunidades cristãs sejam testemunhos vivos de Jesus e de seu Evangelho, de tal maneira que todos possam dizer: vejam como se amam!”

O valor arrecadado
A coleta nacional da Campanha para a Evangelização acontecerá no 3º domingo do Advento. De acordo com Padre Luiz Carlos, os valores arrecadados serão distribuídos da seguinte forma: 45% do valor ficará nas dioceses, 20% irá para os 17 regionais da CNBB e 35% será destinado para a CNBB nacional. 
O valor angariado constituirá o Fundo para a Evangelização que é administrado pela Comissão para Assuntos Financeiros da CNBB e será destinado para apoiar as estruturas da Igreja e sua atividade evangelizadora a nível diocesano, regional e nacional.

A CE e o tempo do Advento
A CE acontece nos dias em que a Igreja Católica no mundo celebra o tempo do Advento. O período é marcado pela expectativa dos cristãos católicos para o nascimento de Jesus Cristo. Para o Pe. Luiz Carlos, o fato do nascimento de Jesus deve levar a todos para a urgência de comunicá-lo a outras pessoas; daí a necessidade de se mobilizar para a campanha. 
“Não podemos ficar só com as nossas festas particulares, com o “nosso” Natal, mas esse fato, o nascimento de Jesus, precisa gerar um anúncio, uma boa notícia para as pessoas: Deus está entre nós e nós precisamos acolhê-lo”, lembra o padre.
A Campanha para Evangelização foi criada pela CNBB em 1998 e a edição de 2012 trará por tema a citação do capítulo 1º do Evangelho de São João: “Eu vi e dou testemunho: Ele é o filho de Deus” (Jo 1, 34).