“RAMOS DA PAIXÃO” Lucas 22, 14-23.56

“Tenho desejado ardentemente comer convosco esta Páscoa, antes de sofrer.” (Lc 22,15) 

O Domingo de Ramos é o dia que nos introduz na Semana da Paixão do Senhor. Semana em que celebramos os principais acontecimentos de nossa redenção. A liturgia desta semana nos apresenta a narração completa da paixão e morte de Jesus. Narra os últimos dias de Jesus e toda trajetória de seu calvário.
Na liturgia deste Domingo de Ramos temos dois Evangelhos. Um proclamado antes da bênção dos ramos (Lc 19, 28-40) e este (Lc 22, 14-23.56) que estamos analisando, proclamado na Santa Missa. Neste evangelho, Lucas narra também a instituição da Eucaristia. Segundo o evangelista, o momento é solene. Jesus sabe que este é o último encontro que terá com seus discípulos. Depois de falar claramente que um daqueles que ali estava servindo-se na mesma mesa, iria traí-lo, todos os discípulos se interrogavam quem seria o traidor. Mas dá pra acreditar que alguém que só fazia o bem seria traído? Infelizmente, o inacreditável aconteceu; Jesus foi traído por alguém que o seguia e que afirmava ser seu amigo. No entanto, dois mil anos se passaram e, ainda hoje milhares de “amigos” de Jesus o traem e o renegam. As trinta moedas da atualidade têm diversas interpretações. Alguns, que também se apresentam como amigos de Jesus abominam a cruz, pregam prosperidade, vida farta e garantem salvação, sem calvário. Simplesmente retiraram de suas bíblias estas palavras: “Se alguém quiser vir após mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga”.
Vamos então viver intensamente esta semana, pois a nossa salvação custou até a última gota de sangue de um Deus misericordioso, que não cobrou nenhum centavo para nos devolver a verdadeira vida.

SEMANA SANTA
Chegamos à grande Semana Santa. Ela nos ensina muito. A cada passo de Jesus aprendemos alguma verdade maravilhosa. A cada queda em que seu sangue é derramado, lembramos que somos frágeis, mas que Deus enviou seu Filho para nos levantar do pecado e nos conceder a nova vida em Cristo. A cada lágrima agradecemos a verdade: por suas chagas, fomos curados. A Semana Santa nos mergulha na morte de Cristo, e nos eleva à dimensão de herdeiros e coherdeiros com Cristo. Nestes dias podemos tocar no amor em pessoa. Sentimos-nos amados e acolhidos. Estes santos dias no ensinam que após a cruz, vem a ressurreição. Após o calvário chegamos à vida eterna. Que todos tenham uma maravilhosa semana santa em suas famílias e comunidades. Paz e bem!

VIA-SACRA RADIOFÔNICA
O padre Sátiro e diversos agentes da Pastoral da Grutta de Santa Clara gravaram a Via-Sacra Radiofônica que será transmitida pela FM Santa Clara na sexta-feira, 29. Eu participei das gravações e posso afirmar que a Via-Sacra tem um excelente conteúdo e um clima de profunda espiritualidade e fé. Vale a pena participar e rezar junto. É o mistério de Cristo, que doa sua própria vida, para nossa Salvação. A Via-Sacra será veiculada às 6h, 9h, 12h, 15h e 18h.

ESPETÁCULO
Não poderia deixar de registrar e convidar a todos os nossos leitores e leitoras para o grande espetáculo – “Paixão de Cristo 2013”, no Santuário de Santa Clara. A encenação teatral ocorrerá, às 20h, da Sexta-Feira Santa, 29, no espaço cultural do Santuário de Santa Clara. E para aqueles que não poderão ir, a FM 105 – Santa Clara fará a transmissão deste grande evento. Imperdível.

ELEIÇÃO
O Movimento de Cursilhos de Cristandade realizou democrática e espiritualmente sua eleição para escolha da coordenação para o triênio 2013 a 2015. A amiga Kátia Pinheiro foi escolhida por unanimidade. Ela, além do respeito de todos nós, possui competência, e espírito de simplicidade e serviço. Mas destaco o amor incondicional ao Cursilho de Cristandade; e para Cristo o amor é o fundamento maior de um(a) grande líder. Parabéns, amiga! E sucesso!
  
CELEBRAÇÃO
Kátia Pinheiro convida a todos os cursilhistas para missa em preparação ao Tríduo Pascal e Cursilhos de três dias. A Celebração Eucarística ocorrerá amanhã, 25, na sede do Cursilho, às 19h30. Recado dado.

RURAL 50 ANOS
O padre Carlinhos e a equipe que compõe a Rádio Rural preparam com esmero atividades que celebrarão os 50 anos desta importante e tradicional emissora. Já está definida uma missa em Ação de Graças, às 17h, do dia 2 de abril, data da fundação da rádio. A Celebração Eucarística acontecerá na Catedral de Santa Luzia e será presidida pelo bispo diocesano Dom Mariano Manzana, contando com a presença de várias autoridades. A equipe organizadora também prepara um simpósio, onde várias personalidades locais debaterão a importância da Rádio Rural para nossa região. Que venham as comemorações, pois a Rural de Mossoró merece!

Fonte: Coluna dominical Fé e Vida- Joscelito Marques- Gazeta do Oeste