Conselho Permanente da CNBB reflete sobre protestos.



Os protestos que estão sendo realizados pelos brasileiros em várias cidades do País estão entre os assuntos a serem tratados pela reunião do Conselho Permanente da CNBB. O encontro que começa na manhã desta quarta-feira, 19 de junho, e, na primeira sessão contou com a participação do representante do Núncio Apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello.
Esse Conselho é composto pela presidência da Conferência, pelos membros do Conselho de Pastoral e pelos bispos que formam os conselhos regionais. A pauta aprovada para a reunião é vasta e inclui avaliação da última Assembleia Geral e a implementação de suas decisões; o trabalho da Cáritas Brasileira; o aprofundamento sobre o tema das paróquias; Movimento Saude + 10; Código Penal; Reforma Política; Diretório da Comunicação e Jornada Mundial da Juventude que será realizada no final de julho, no Rio de Janeiro, com a presença do Papa Francisco.
Tomou a palavra na manhã desta quarta-feira, o Monsenhor Gian Luca Perici, representando o Núncio Apostólico no Brasil. Ele disse que participou pela primeira vez da Assembleia Geral dos bispos no último mês de abril, em Aparecida. Considerou que a realização do encontro deu um testemunho significativo de um episcopado numeroso e empenhado. Lembrou o tema da renovação da Paróquia e seus desafios. “A renovação das paróquias é uma questão central porque remete a uma renovação interior de seus membros”, disse Monsenhor Perici.
Dom Leonardo Steiner, secretario geral, modera os trabalhos sob a presidência do cardeal dom Raymundo Damasceno. Ele pediu a inclusão de temas que não estavam na pauta previamente composta, como a explanação sobre a visita e presença do Papa em Aparecida, Conselho Nacional de Religiões, Curso de Comunicação para Bispos, orientação sobre o uso do vinho de missa. Esses e outros temas foram aprovados para serem apresentados na reunião que deve se estender até o almoço da sexta-feira, 21 de junho.

Fonte: CNBB