Missa presidida por Dom Orani Tempesta abre oficialmente a Jornada Mundial da Juventude.

Marcada para as 19h30 desta terça-feira, 23, a Missa de Abertura é o início oficial da Jornada Mundial da Juventude. A celebração será presidida pelo Arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta (foto). A eucaristia é um acontecimento central na fé cristã e, por este motivo, a Jornada Mundial da Juventude inicia com a celebração eucarística. O Arcebispo estará acompanhado por sete bispos auxiliares do Rio de Janeiro e cerca de 1500 ministros, entre cardeais, bispos e sacerdotes. A primeira leitura (Samuel 3, 3b-19.10) será em espanhol, o salmo e o evangelho em português, a segunda leitura em inglês. A leitura de uma mensagem do Cardeal Stanislaw Rylko, presidente do Pontifício Conselho para Leigos, encerra a celebração.
 A programação começa mais cedo, às 15h, com a acolhida de peregrinos de todo o mundo e apresentações artísticas, além de momentos de oração no palco montado em Copacabana, a praia mais famosa do país. "É um paradigma da cidade e todo mundo sabe o que significa Copacabana para o Rio de Janeiro enquanto identidade e também tem o nome de Nossa Senhora", afirma o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta. O “Coral Carioca JMJ”, formado por 100 músicos católicos das paróquias da Arquidiocese do Rio, irá se apresentar para o público. O Hino da JMJ também será cantado em outros idiomas, por voluntários internacionais.
A chegada da Cruz Peregrina e do Ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude, prevista para 18h, convida os peregrinos a um momento de recolhimento antes da missa. Os objetos estão no Brasil desde setembro de 2011 e já passaram por 250 dioceses de todos os estados do país. Em Copacabana, os símbolos serão recebidos por cantores que interpretarão “Emanuel”, acompanhados do Coral Carioca JMJ. Na ocasião, também será lançado o selo comemorativo da visita do Papa Francisco ao Brasil, pelo presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira. Um álbum com o selo vai ser entregue ao  Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Tarcisio Bertone, como presente.
 Após a celebração eucarística, o dia termina com apresentações musicais de Migueli, Rex Band, Eros Biondini, Francisco Avello e Celina Borges. A Banda Missionário Shalom, os cantores Suely Façanha, Davidson Silva, Cristiano Pinheiro, Ana Gabriela, Alfareros, Rodrigo Ferreira (Missão Louvor e Glória), Migueli , Rex Band e a Orquestra Sinfônica de Barra Mansa completam a atração musical da cerimônia. A previsão é que os shows acabem às 23h.
 
Programação
16h – Início da programação em Copacabana com a oração das vésperas e o rosário missionário. Apresentação musical.
18h – Cerimônia de Abertura de JMJ Rio 2013, entronização da Cruz Peregrina e do Ícone de Nossa Senhora.
19h30 – Missa presidida pelo Arcebispo Dom Orani João Tempesta, seguida de uma homenagem aos papas. Discurso do presidente do Pontifício Conselho para Leigos, Cardeal Stanislaw Rylko. A programação do dia acaba com apresentações musicais.
 
Palco Copacabana
No fundo do palco, uma gigante rotunda curva inspirada nas montanhas da cidade. Ela também servirá de tela, na qual serão projetadas diversas imagens durante todo o espetáculo. Ao centro, uma cruz de 17 metros de altura e uma área coberta, onde o Papa Francisco irá permanecer durante o evento. Quatro plataformas circulares de diferentes alturas fazem parte da estrutura: uma irá abrigar a orquestra, outra para abrigar o coro e outras duas para receber os bispos e cardeais que ficarão no palco junto ao Pontífice. Ao centro, uma escadaria curva e um palco reto. Além disso, haverá uma rampa de acesso, que permite a entrada do Sumo Pontífice de papamóvel. “O contorno irregular das montanhas do Rio de Janeiro foi minha maior inspiração. Este altar (central) é uma grande escultura”, disse Abel Gomes, arquiteto responsável pelo palco.
Números 
  • Área de 3.800 metros quadrados e uma rotunda com 61,45 metros de largura, por 10 a 15 metros de altura, formando uma diagonal, onde imagens e vídeos serão projetados;
  • Comportará 660 lugares, divididos em níveis: 60 cadeiras para a comitiva do Papa e 600 cadeiras para bispos, cardeais e jovens peregrinos convidados pela Igreja;
  • Atrás do Presbitério (área composta pelo altar, trono do papa e 60 cadeiras), há um elevador destinado ao deslocamento do Papa e de sua comitiva;
  • Embaixo do palco há quatro salas de apoio, dois banheiros, depósito de material, controle de som, camarins e um posto médico. Parte desta área é restrita para o Papa e sua comitiva. Haverá uma pequena capela, e sacristia onde ficarão as âmbulas para as hóstias;
  • À frente do palco estarão 4.000 cadeiras para convidados;
Fonte: ascomjmj@fsb.com.br
Inserido por: Família Cristã