Dom Petrini fala sobre os desafios da Pastoral Familiar



Durante o 1º Congresso Latino-Americano da Pastoral Familiar, o bispo de Camaçari (BA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom João Carlos Petrini, apresentou o tema "Desafios da Pastoral Familiar para a vida plena e a comunhão missionária". O evento é uma iniciativa do Departamento de Família, Vida e Juventude do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) que ocorre na Cidade do Panamá, desde o dia 4 de agosto.
 De acordo com dom Petrini, cada família precisa participar das decisões que envolvem seus interesses. “Se ignoramos a família e ela não se constitui para nós uma prioridade, podem-se avançar organizações contra a família que podem destruí-la. É necessário que as famílias possam pensar, refletir e organizar para defender os seus próprios interesses”, destaca.
Sobre o 1º Congresso, dom Petrini fala da importância das famílias e lideranças estarem juntas discutindo propostas e ações para defender os direitos da família. “Como membros da Igreja e cidadãos devemos dialogar com o Estado. No mundo em que vivemos será necessária uma participação ativa de cada pessoa e das famílias para que suas exigências e seus direitos sejam efetivamente protegidos”, sugere o bispo.

Famílias do mundo

Estão presentes no evento mais de 350 participantes, entre bispos do Celam, delegados da Pastoral Familiar e da Pastoral Juvenil do Brasil, Argentina Colômbia, México, Venezuela, Costa Rica, Honduras e República Dominicana. Representa a CNBB uma delegação com 19 participantes, entre eles, bispos membros da Comissão Episcopal para a Vida e a Família, coordenação nacional da Pastoral Familiar e assessoria nacional.
O Congresso prosseguirá até sábado, 9, com o objetivo de "promover a partir das ciências sociais, da teologia e da pastoral reflexão sobre a riqueza social da família".  Tem como tema central: "Família e desenvolvimento social para a vida completa e comunhão missionária", em sintonia com o Sínodo Extraordinário dos Bispos sobre a Família, que acontecerá em outubro, no Vaticano. 



Com informações do News.va. Foto: Pastoral Familiar da CNBB.