CONFRATERNIZAÇÃO NO PROJETO REVIVER EM MOSSORÓ



O Bispo Diocesano Dom Mariano Manzana levou os funcionários da Cúria e da Rádio Rural para o almoço de confraternização de fim de ano nessa segunda-feira, às 12 horas. Mas o almoço desse ano teve uma pitada a mais, a confraternização foi realizada na  sede do Projeto Reviver, que acolhe mulheres para tratamento da dependência química. Após o delicioso almoço que contou com a participação das internas, os funcionários tomaram conhecimento da história de cada acolhida e do quanto chegaram no Projeto Reviver devastadas pelas drogas, muitas sem famílias e sem sonhos. Em meio às lágrimas de todos, inclusive do próprio bispo, cada uma relatava com todos os detalhes como ingressou nas drogas, como num piscar de olhos tudo era escuridão e vazio. Como perderam tudo, desde o amor a si mesmas até a confiança de pais e dos próprios filhos. Quando tudo parecia perdido, surgem anjos enviados por Deus para mostrar que após uma noite escura, nasce "sempre" um dia com todos os seus raios coloridos de esperança - o Projeto Reviver, que já acolheu mais de 13  mulheres desde a sua fundação, no dia 25 de março, de vários municípios do Rio Grande do Norte. Atende mulheres na faixa dos 18 aos 55 anos de idade. Ao chegar ao projeto, as candidatas e seus familiares, caso haja família, passam por uma entrevista. Para quem não tem família, o projeto tenta encontrar uma ‘madrinha’ para ajudar as mulheres. Dentro da casa, o tratamento, que não utiliza medicamentos, é baseado no tripé formado por espiritualidade, trabalho e convivência fraterna. O período de internação é de nove meses.

Para saber mais sobre o Projeto Reviver Feminino, os interessados devem entrar em contato com a coordenação através dos telefones: (84) 3316-5185 e (84) 8887-5084.