Igreja em Dia

REFLETINDO O EVANGELHO
“SE O GRÃO DE TRIGO MORRER, PRODUZIRÁ MUITO FRUTO.” João 12, 20-33
“Quando eu for elevado da terra, atrairei todos os homens a mim.” (Jo 12, 32)
O Evangelho que a liturgia do 5º domingo da Quaresma nos propõe hoje situa-nos em Jerusalém. O autor do Quarto Evangelho sugere, assim, que está a chegar ao fim o processo de libertação definitiva do Povo de Deus. Apresenta-se, assim, uma chave de leitura para entender a morte próxima de Jesus.
No quadro entram “alguns gregos” que “tinham subido a Jerusalém para adorar” e que queriam ver Jesus.
Os “gregos” vieram a Jerusalém “adorar” a Deus no templo; mas quiseram encontrar-se com Jesus, conhecer Jesus e o seu projeto, tomar contato com a salvação que Ele veio oferecer (queriam “ver Jesus” – v. 21). Com isto, o autor do Quarto Evangelho sugere que o templo e o culto antigo já não são mais os lugares onde o homem encontra Deus e a salvação; agora, quem estiver interessado em encontrar a verdadeira libertação deve dirigir-se ao próprio Jesus. Quem quiser “conhecer” Jesus deve olhar para esse Homem que põe totalmente a sua vida a serviço de Deus; e que morre na cruz para ensinar aos homens o amor sem limites. Deve aprender essa verdade que, para Jesus, é evidente: não se pode gerar vida (para si próprio e para os outros), sem entregar a própria vida.
A vida nasce do amor, do amor total, do amor que se dá até as últimas consequências. Só o amor como dom total é fecundo e gerador de vida (“em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo caído na terra não morrer, permanece só; se morrer, produz muito fruto” – v. 24).
 
ENCÍCLICA
O papa Francisco prepara sua nova Encíclica, que aprofundará a temática do desenvolvimento sustentável e da ecologia. Essa Encíclica terá autoria exclusiva de Jorge Mario Bergoglio, já que a sua 1ª (Lumen Fidei – Luz da Fé) foi produzida com a ajuda de Bento XVI. Vamos esperar…
 
O CHAMADO
Os seminaristas Alisson Moura e Carlos Ítalo já estrearam com sucesso total na Rádio Rural de Mossoró o programa “O Chamado.” O novo programa católico do rádio Mossoroense é apresentado toda sexta-feira, das 14h às 15h, e tem a produção do Serviço de Animação Vocacional do Seminário de Santa Teresinha. Muito diversificado, o programa traz momentos de formação, entrevistas, músicas e testemunho vocacional. Avante, amigos!
 
ESCOLA
Em sua Escola Vivencial, nosso Cursilho de Cristandade continua com as palestras que enriquecem nossa alma e nos ensinam a viver o projeto de Deus em sociedade. Sempre às segundas-feiras, às 19h30, na sede do MCC, ao lado da Matriz de São Paulo Apóstolo, bairro Nova Betânia. Participe!
MISSA DA GRAÇA
A Comunidade Obra de Maria convida você e sua família para a Missa da Graça. Uma celebração onde ficamos mais perto de Deus e dos irmãos. Será na próxima terça-feira, 24 de março, às 18h, no Colégio Sagrado Coração de Maria. Imperdível!
CONFISSÕES
O mutirão de confissões segue com ótima participação de fiéis. Na próxima terça-feira, 24, acontecerá na Paróquia Menino Jesus. E na sexta-feira, 27/03, na Paróquia de Santa Luzia. Participe!
FORMAÇÃO
O Encontro de Casais com Cristo da Paróquia de Santa Luzia fará mais uma noite de formação na fé, dia 27 de março, às 20h, no Centro Pastoral Santa Maria Gorete. A formação, que versará sobre o tema perdão, é aberta a toda a comunidade. Participe conosco!
 
 
 
RAMOS
O Santuário de Santa Clara abrirá a Semana Santa com a tradicional procissão de Ramos, dia 29 de março, às 16h30. Já, às 17h, participaremos da Missa dos Peregrinos, no Santuário de Santa Clara. O destaque para a sexta-feira santa é a Via-Sacra Radiofônica apresentada pelo padre Sátiro Cavalcante Dantas e diversos agentes da Pastoral da Grutta, nos horários de 6h, 9h, 12h, 15h e 18h. Maravilha!
 
ROMARIA
Todos atentos para participar, dia 27 de abril, da 2ª Romaria do Movimento de Mãe Rainha ao Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, em Patu/RN. É esperar e participar com fé.
 
PARA REFLETIR
Cuidado com as comodidades! Quando nos rodeamos de conforto, facilmente nos esquecemos dos outros. (Papa Francisco)
 
KERIGMA
 Nossa leitora Maria das Graças Martins, do bairro Boa Vista, nos envia e-mail perguntando: “Qual a diferença entre Encíclica e Exortação Apostólica?” Olha, Maria, Encíclica e Exortação Apostólica constituem alguns dos documentos pontifícios utilizados pelo papa para tratar de assuntos diversos. Ao todo temos os seguintes documentos: Bula, Motu Próprio, Encíclica, Exortação Apostólica e Constituição. Por meio delas, o sumo-pontífice trata sobre assuntos doutrinários, disciplinares, governamentais entre outros. A Carta Encíclica pode ter caráter social, exortatório ou disciplinar e é dirigida aos bispos de todo o mundo e, por meio deles, a todos os fiéis. Por meio dela, o papa exerce seu magistério ordinário. Sua origem se dá nas cartas que os bispos enviavam entre si para assegurar a unidade entre a doutrina e a vida eclesial. Já a exortação apostólica tem caráter menos solene (não menos importante) e transmite um ensinamento do papa a respeito de um assunto com o objetivo de animar os fiéis na vivência do mesmo. Geralmente, a mesma é publicada após um sínodo, trazendo o conteúdo tratado na reunião dos bispos. Por exemplo, a Evangelii Gaudium foi lançada no encerramento do ano da fé e traz a temática trabalhada no último sínodo dos bispos no Vaticano em 2012, “A nova evangelização para a transmissão da fé”.
Fonte: Coluna Fé e Vida- Joscelito Marques- Gazeta do Oeste