Caicó sedia hoje Seminário sobre Dia Mundial de Luta contra a Desertificação


O Dia Mundial de Luta Contra a Desertificação será tema de um Seminário, no Centro Pastoral Dom Wagner, hoje (17). A promoção é da Diocese de Caicó em parceria com o Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos Comunitários (SEAPAC), Departamento de Combate à Desertificação, ministério do Meio Ambiente, Agência de Desenvolvimento do Seridó (ADESE) e o Comitê da Bacia Hidrográfica Piancó-Piranhas-Açu (CBH PPA).
O evento pretende reunir 200 participantes, entre os quais bispos, padres, representantes de pastorais sociais, prefeitos, presidentes de sindicatos, de associações e de movimentos sociais, das universidades, imprensa e órgãos públicos federais e estaduais e políticos. A abertura será presidida pelo Bispo de Caicó, dom Antônio Carlos Cruz Santos, às 8h30. Os debates sobre a luta contra a desertificação terão a presença de autoridades e estudiosos do tema em níveis nacional e estadual.
O evento terá uma mesa de debates, às 9 horas, focando o “Cenário Hídrico da Bacia do rio Piancó-Piranhas-Açu”, referente ao enfrentamento à crise hídrica, com palestrantes e debatedores. O tema será abordado por Paulo Lopes Varela Neto, diretor de gestão da Agência Nacional de Águas (ANA); Gisela Damm Forattini, diretora de Planejamento da ANA; e Rodrigo Flexa Ferreira Alves, superintendente de regulação da ANA.
Os debatedores do tema serão Mairton França, secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH) do RN; João Azevedo Lins Filho, secretário de Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia da Paraíba; e dom Mauro Morelli, bispo emérito de Caxias do Sul-RS. O mediador do debate é o articulador estadual do SEAPAC, Agrônomo José Procópio de Lucena.
Às 14 horas, haverá a apresentação das atividades do Departamento de Combate à Desertificação do Ministério do Meio Ambiente / Secretaria Executivo da Comissão Nacional de Combate à Desertificação, a cargo de Francisco Barreto Campello, que é coordenador do Departamento de Combate à Desertificação e Ponto Focal Técnico do Brasil na Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação (UNCCD).
Haverá a apresentação do Projeto Piloto de Combate à Desertificação no Seridó potiguar e paraibano pelo Programa RN Sustentável, a cargo da gerente do programa, Ana Cristina Guedes; Apresentação do Sistema de Alerta de Desertificação (SAP) em plataforma web, em parceria com o INPE; e o anúncio das ações que estão em curso no âmbito do Ano Internacional dos Solos pelo Representante da FAO. Responsabilidade: Alan Jorge Bojanic, representante da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) no Brasil.