Diocese anuncia membros que irão compor a comissão do Santuário de Santa Luzia



O Bispo Diocesano, Dom Mariano Manzana, recebeu na manhã de ontem, dia 17, na Cúria Diocesana, o prefeito Francisco José Júnior para uma apresentação detalhada do projeto do Santuário de Santa Luzia e a formação da comissão paritária da Igreja e Prefeitura. Logo após o encontro, Dom Mariano Manzana se reuniu com membros da Diocese e enviou, através de ofício, os três nomes que representarão a Diocese na comissão permanente do santuário, que são: vigário geral, padre Flávio Augusto Forte Melo; vice-diretor do Colégio Diocesano, padre Charles Lamartine, e o assessor jurídico, advogado Alexandre Magno Fernandes de Queiroz. 
Ficou acertado durante a reunião que o grupo terá autonomia para decidir vários passos do projeto, entre eles a fonte dos recursos para a construção, já que nem a Diocese nem a Prefeitura de Mossoró dispõem de verba para execução da obra. O caminho mais provável será optar por uma Parceria Público-Privada ou uma Sociedade de Propósito Específico (SPE).
O bispo Dom Mariano Manzana entende que o projeto tem importância de caráter turístico-religioso e econômico para Mossoró e que será um espaço, por parte da Igreja, para fomentar ainda mais a religiosidade do Povo de Deus. Essa comissão estudará como será desenvolvida a parte religiosa, através da capela que fará parte do complexo.
A primeira reunião da comissão acontecerá após a publicação dos membros da comissão no Diário Oficial do Município.