Memória: Procissão de Santa Luzia arrastou multidão pelas ruas de Mossoró

O povo atendeu pedido da Comissão da Festa de Santa Luzia e o branco, numa alusão à paz, predominou na multidão que acompanhou a Procissão neste domingo, 13 de dezembro. Muitos fiéis também foram vestidos com as cores da padroeira – verde e vermelho.
Vários populares fizeram homenagens em suas casas, enfeitando as fachadas e sonorizando a procissão. As lanternas levadas pelos fiéis auxiliaram o cortejo, pois o trajeto desse ano passou por ruas muito escuras, evidenciando a carência de iluminação pública na região do bairro Santo Antonio.
Andor de Santa Luzia trouxe réplica da antiga Catedral (Foto: Assessoria da Festa de Santa Luzia)
Andor de Santa Luzia trouxe réplica da antiga Catedral (Foto: Assessoria da Festa de Santa Luzia)
O andor de Santa Luzia, confeccionado pelo artista e vereador Flávio Tácito, chamou a atenção com a réplica da antiga Catedral. Ornamentado com flores e iluminação especial, o andor encantou os féis com sua graça e grandiosidade.
Durante todo o dia foram várias as demonstrações de fé. As missas e novenas celebradas na Catedral de Santa Luzia e na Matriz de Nossa Senhora de Fátima ficaram lotadas.
Mais de 150 pessoas trabalharam na acolhida aos romeiros. De acordo com Jocelito Marques, responsável pela equipe da Acolhida, foram recepcionados 1.709 romeiros na Escola de Artes de Mossoró.
“A maioria veio do Ceará e da Paraíba, principalmente das cidades de Limoeiro, Russas, Aracati e Patos. Teve gente até do Piauí. A equipe ficou muito satisfeita em servir ao próximo, trabalhamos de forma unida desde a arrecadação dos alimentos”, afirmou Jocelito Marques.
Foram servidos 150 quilos de carnes e cinco panelões de arroz de leite. Os romeiros também receberam café da manhã.
Acolhida aos Romeiros
 Cirandinha nas noites de novena