Milhares de peregrinos aguardam o papa Francisco no México


Na manhã de hoje, 12, de janeiro, o papa Francisco embarcou para o México. Trata-se da 12ª viagem apostólica internacional deste pontificado. No trajeto do voo, ele fará breve escala no aeroporto internacional de Havana, para encontro histórico com o patriarca ortodoxo Russo Kirill, na capital de Cuba. O papa retornará ao Vaticano, no dia 18.
O objetivo desta viagem consiste em estabelecer compromisso com o diálogo e a paz no país, além da busca pela renovação espiritual, luta contra a corrupção e violência. No roteiro da visita, o papa percorrerá a Cidade do México, San Cristóbal e Ciudad Juárez.
Em entrevista, o arcebispo de Cidade do México, cardeal Norberto Rivera, disse que o papa encontrará um país em momento de comunhão e liberdade religiosa.
“O México vive uma situação muito especial porque durante a primeira visita do Santo Padre não existiam relações com a Santa Sé. Não havia, poderíamos dizer, liberdade religiosa oficialmente, tínhamos uma liberdade religiosa permitida. Hoje constitucionalmente está aprovada a liberdade religiosa. Agora temos um clima muito favorável. Por isso, o papa encontrará um México que ele mesmo notará, com progressos muito importantes em seu desenvolvimento econômico, político e social”. 
O cardeal comentou, ainda, sobre as dificuldades vividas pela população, como problemas na saúde e administração pública. “Ao mesmo tempo um México que vive situações graves de violência, de pobreza, e em alguns lugares, muito cruel, com uma pobreza extrema”, relatou dom Rivera.