Palavra de Dom Mariano Manzana


 Dom Mariano com os missionários
 Padre Luis Mosconi


“IDE, FAZEI TODOS MEUS DISCÍPULOS"
Mt 28, 16


        Estamos nos preparando para reviver a experiência das Santas Missões Populares. Depois de dez anos de uma profunda vivência missionária em nossa Diocese, teremos uma grande oportunidade de fazer com que os frutos daquele momento sejam mantidos e gerem sementes de um novo momento.
             Obviamente não temos a intenção de repetir ou realizar de novo as Santas Missões Populares como fizemos inicialmente. Preservando a índole missionária como um grande retiro popular e a metodologia adotada pelo padre Luiz Mosconi, nossa intenção é realizar, durante cinco anos, um processo sistemático de formação e capacitação permanente de agentes evangelizadores, discípulos e missionários de Jesus. Nisto serão formadas lideranças atuais e despertadas novas na perspectiva de tornar a Diocese uma Igreja em "estado permanente de missão", como nos exorta a CNBB nas Diretrizes Evangelizadoras da Igreja no Brasil. É preciso entender que as Santas Missões Populares não intencionam ser um evento, mas um processo pedagógico de formação sistemática, permanente e popular de discípulos missionários convictos de sua missão evangelizadora, capazes de assumir uma liderança fecunda nas comunidades, a exemplo das primeiras comunidades cristãs, que mesmo diante dos desafios e perseguições não deixaram de anunciar a Boa Nova do Reino. A grande Semana Missionária não será a finalidade, mas o coroamento celebrativo deste processo, um momento de agradecimento a Deus em forma de uma mobilização de todas as comunidades numa grande corrente de oração.
            Diante de tudo isto, já iniciaremos este processo com o primeiro Retiro Diocesano, a ser realizado de 20 a 22 de maio, em Mossoró. Conclamamos a todos e pedimos empenho e oração para que este caminho a que nos propomos encontre êxito e corresponda à vontade de Deus que, por meio do Seu Filho, nos enviou em missão. Disse Jesus: “Ide pois, fazei todos meus discípulos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a observar tudo que vos ordenei. Eis que eu estarei convosco todos os dias até o fim do mundo”.( Mt 28, 16-20). Que a Virgem Maria, Mãe e estrela da evangelização, e Santa Luzia, nossa padroeira, intercedam por nós para que possamos anunciar com ternura e coragem o Mistério da Morte e Ressurreição de Jesus.


 Fonte: Jornal A Luz de maio/2016