Coleta da Solidariedade da CF 2016 beneficia Casa de Acolhimento Papa Francisco






O Bispo Diocesano Dom Mariano Manzana repassou para a Casa de Acolhimento Papa Francisco, na manhã dessa terça-feira, dia 19, parte das doações arrecadadas com a “Coleta da Solidariedade” da Campanha da Fraternidade 2016, que ocorre todos os anos no Domingo de Ramos. A entrega do cheque no valor de R$ 20.897,56 foi feita durante uma coletiva de imprensa na Cúria Diocesana, no bairro Santo Antônio, em Mossoró.
Segundo o coordenador da Casa Papa Francisco, João Pergentino, os recursos serão destinados à construção de uma cisterna, calhas e para um sistema de irrigação de uma horta na localidade. “Temos capacidade para receber 25 homens, mas, devido ao problema da falta de água, hoje só atendemos a seis. Queremos agradecer a Diocese e a todos os fiéis por nos ajudar a dar continuidade a essa missão de devolver os sonhos e a dignidade às pessoas que vivem o drama da dependência química”, reforça. A Casa Papa Francisco fica numa propriedade rural localizada na estrada para o município de Governador Dix-sept Rosado e enfrenta as consequências da estiagem na região.
Dom Mariano Manzana agradeceu a todos os fiéis que participaram da Coleta da Solidariedade 2016 de todas as paróquias, que resultou na quantia de R$ 41.795,12. Desse total, 40% da coleta vão para o Fundo Nacional de Solidariedade, administrado por um conselho criado pela CNBB Nacional e pela Cáritas Brasileira. Dos 60% restantes, 10% vão para o Regional Nordeste 2 e os 50% são destinados a um projeto social da Diocese em sintonia com a Campanha da Fraternidade.
Durante a coletiva de imprensa, Dom Mariano Manzana lembrou que os sacrifícios agradáveis a Deus são a justiça e a misericórdia. “Não esqueçamos o que Paulo nos diz: “Deus ama a quem dá com alegria”. Sintamos o prazer de fazer o bem, mesmo sem saber para quem”, reafirmou o bispo.