Província Eclesiástica instala Tribunal em Natal- RN




No dia 18 de julho, na Catedral Metropolitana de Natal, com uma Santa Missa, será instalado o Tribunal Eclesiástico Interdiocesano, que irá julgar, em primeira instância, os processos de nulidade matrimonial da Província Eclesiástica de Natal, que engloba a Arquidiocese de Natal e as Dioceses de Mossoró e Caicó.
O tribunal será instalado no Centro Pastoral Pio X – subsolo da Catedral Metropolitana. Segundo Dom Jaime, esta iniciativa vai favorecer a celeridade dos processos. “Com a reforma do Direito Canônico, no que diz respeito às questões de nulidade, é concedido ao bispo o direito de ser juiz dos julgamentos em primeira instância. Esta iniciativa do Papa Francisco é positiva e vai agilizar estes processos”, frisou.


Entenda: O Tribunal é uma resposta ao Motu Proprio do Papa Francisco (Mitis Iudex Dominus Iesus ), que orienta os cristãos católicos em situações diversas. De acordo com o Vigário Judicial da Arquidiocese de Natal, Padre Júlio César Cavalcante, o Tribunal Eclesiástico Interdiocesano será um "serviço pastoral da Igreja, que, entre outras funções, será direcionado para famílias  que  buscam uma possível nulidade do matrimônio."

O Tribunal Eclesiástico vai atender à Arquidiocese de Natal e as Dioceses de Mossoró e de Caicó. Funcionará no Centro Pastoral Pio X (subsolo da Catedral Metropolitana), de segunda a sexta-feira, das 8 às 12h e das 13h30 às 17h30.