Palavra do Bispo Diocesano para jornal A luz- edição de março/18





LAVARAM E ALVEJARAM SUAS VESTES NO SANGUE DO CORDEIRO
Ap 22, 14


            Neste mês de março, nos preparando no caminho espiritual quaresmal em vista da Páscoa, celebramos como Igreja diocesana os 25 anos do Martírio de Irmã Lindalva. Os mártires se associam, participam de modo muito particular e próprio do Mistério da Paixão e Morte de Jesus. Cumprem em suas vidas a exortação apostólica de São Paulo: “morrendo com Cristo, com Cristo haveremos de ressuscitar para uma vida nova” ( Rm 6,8). Temos a alegria de unir em nossa Diocese o arco dos tempos, invocando como intercessores nossos Santa Luzia, mártir dos primeiros séculos, e a Beata Lindalva, mártir do nosso tempo. Dignas mulheres, representantes dos mártires de ontem e de hoje.
            Para celebrarmos este momento grandioso foi preparada uma programação de caráter missionário de forma integrada com todas as paróquias que compreendem o território do município de Assú. Será um grande tríduo, nos dias 09, 10 e 11 deste mês, realizado por meio de diversas atividades. Desde ofícios e caminhadas com cafés comunitários até adorações e celebrações penitenciais, sem esquecermos as visitas às famílias das comunidades. Pastorais, movimentos, serviços, religiosos e religiosas na Diocese estaremos todos fazendo memória da vida, vocação e santidade da Bem-Aventurada Lindalva. Terei a alegria, como Bispo, de presidir a missa solene em honra de nossa mártir da caridade às 8 horas, no dia 11 de março, na Igreja Matriz de São João do Assú. Como Bispo tenho um sonho que compartilho agora com todos, pedindo neste momento oportuno oração contínua por esta intenção particular. O sonho de tornar a Bem-aventurada Lindalva co-padroeira de toda a Diocese de Santa Luzia de Mossoró. Duas mulheres, ambas mártires. Mártires de ontem e hoje que edificam nossa Igreja e nos encorajam com suas virtudes a permanecermos firmes na fé.
Convocamos a todos para que este momento seja celebrado com a dignidade merecida e dê frutos espirituais abundantes para cada um de nós, intensificando a evangelização e a missão. Santa Luzia, nossa padroeira, rogai por nós. Bem-aventurada Lindalva, intercedei por nós. Amém!


Dom Mariano Manzana
Bispo Diocesano