Bispos do RN publicam nota sobre a pandemia da covid-19

 

 

O arcebispo metropolitano, de Natal Dom Jaime Vieira Rocha, o bispo de Mossoró, Dom Mariano Manzana, e o bispo de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, se reuniram, de forma online, nesta segunda-feira, 22. O objetivo da reunião foi tratar do posicionamento da Igreja Católica em relação a atual situação vivida no Estado, decorrente do crescente número de casos da covid-19. Como fruto da reunião, os bispos escreveram uma nota, na qual pedem o esforço e a união de todas as pessoas no cuidado pela vida. ]

“A nossa preocupação será sempre pelo bem comum e, para isso, devemos mobilizar a todos para que, em seu dia a dia, mantenham com muito zelo e persistência o uso desses cuidados, contribuindo com o bem maior: a saúde, e, juntos, vencermos essa luta contra a Covid-19”, escrevem.

No texto, os bispos também manifestam solidariedade e oração às famílias que passam pelo sofrimento da perda de seus entes queridos.


Confira a nota na íntegra a seguir:


PROVÍNCIA ECLESIÁSTICA DO RIO GRANDE DO NORTE

 

NOTA

 

Queridos irmãos e irmãs,

 

Como Bispos das Igrejas Particulares de Natal, Mossoró e Caicó, voltamos a nos dirigir ao querido povo de Deus que está no Rio Grande do Norte.

A Pandemia da Covid-19 apresenta, nesse período, um agravamento e requer de todos a união pela vida. Vivemos em um tempo de muito compromisso para com todos e com nós mesmos, no enfrentamento da doença que atinge de forma rápida e a nossa gente.

A nossa responsabilidade social deve ser prioridade, especialmente quanto ao convívio diário com a nossa família, ambiente de trabalho, nas missas e com todos os nossos irmãos que partilham conosco a caminhada pela vida.

Com o objetivo de vencer a batalha, devemos intensificar todas as medidas de controle da transmissão do vírus e manter rigorosamente os protocolos necessários de distanciamento social, uso de álcool em gel, verificação de temperatura e uso correto da máscara, como instrumentos para garantir a nossa proteção e de todos que amamos e queremos manter em nossa companhia.

A nossa preocupação será sempre pelo bem comum e, para isso, devemos mobilizar a todos para que, em seu dia a dia, mantenham com muito zelo e persistência o uso desses cuidados, contribuindo com o bem maior: a saúde, e, juntos, vencermos essa luta contra a Covid-19.

É grande a nossa preocupação com a vida e, nesse propósito de preservação, apelamos a consciência de todos e a cada um irmão e irmã em particular que possa refletir a importância de contribuir com muito zelo nos cuidados necessários e, acima de tudo, compreender que está em nossas mãos amenizar com nossas atitudes o impacto avassalador da doença que precisa do ato individual de amor ao irmão mais vulnerável no seu processo de prevenção e cura.

Caros irmãos e irmãs, façamos a nossa parte que exige apenas a atenção e os cuidados com você e com todas as pessoas que estão em seu entorno.

Como pastores do Povo de Deus que nos foi confiado, manifestamos nossa solidariedade e orações às famílias que passam pelo sofrimento da perda de seus entes queridos e ressaltamos a importância da sensibilidade de todos para a prática da “oração a luz do Evangelho” e dos gestos concretos de assistência aos mais necessitados.

Essa é uma forma de amar e dizer ao outro que caminhemos juntos e lutemos juntos para alcançar o bem comum, a vida em plenitude.

Por fim, pedimos aos senhores padres, que esta nota seja lida em todas as missas, no próximo final de semana, dias 27 e 28 de fevereiro.

Invocando a intercessão das nossas Santas Padroeiras, Nossa Senhora da Apresentação, Santa Luzia e Sant’Ana, enviamos a nossa paternal benção no Senhor.

 

Natal (RN), 23 de fevereiro de 2021.

Dom Jaime Vieira Rocha
Arcebispo de Natal

Dom Mariano Manzana
Bispo de Mossoró

Dom Antônio Carlos Cruz
Bispo de Caicó